Quando se fala em Monte Verde a primeira coisa que vem à cabeça é o frio, por isso os meses de outono e inverno são os mais procurados pelos muitas turistas que nos visitam. No entanto, o distrito mineiro é bonito o ano inteiro e tem uma surpresa para cada estação do ano. A primavera é minha estação preferida. A natureza exuberante se tinge de cores diversas e faz da paisagem um cenário de cartão postal.
As hortênsias são as estrelas principais e com diferentes tonalidades de azul encantam com sua nobreza real. Copos de leite, azáleas, dálias e amores perfeitos completam esse time floral. As margaridas explodem onde podem e deixam o ar ainda mais bucólico. Mas se engana quem pensa que elas são nativas daqui. Elas foram trazidas há mais de 30 anos pelo casal de húngaros Juan Estevan e Clarice Juhász, saíram da Hungria depois da segunda guerra mundial e chegaram ao Brasil como refugiados políticos. Conheceram Monte Verde e se apaixonaram pelo clima e pelo lugar. As margaridas foram trazidas por Dona Clarice, que espalhou-as estrategicamente em Monte Verde e florescem até hoje.
Graças à iniciativa privada várias ações contribuíram para esse paisagismo colorido: plantio de azáleas no canteiro central, hortênsias na rodovia e agora a transformação da avenida em um verdadeiro jardim de flores. As petúnias florescem em todos os cantos da avenida Monte Verde, emoldurando as milhares de fotos de casais, famílias e amigos. Impossível não fotografar-se diante de belo espetáculo da natureza.
Com o clima mais ameno, Monte Verde torna-se uma explosão de cores e é possível cultivar diversas variedades florais, como as raras tulipas, as delicadas orquídeas e o que mais a nossa imaginação permitir. Se você já ama o frio de Monte Verde está na hora de descobrir as surpresas de cada estação. Você vai se apaixonar.
Texto: Tiago Mentor
Foto: Blog Vambora